Caminhada por Vikos Gorge
The view makes all numbers and records look irrelevant; whether looking afar, over Vikos Gorge, or down its chasm, it will fill you with awe.

O fato de ele estar listado no Guinness Book of Records como o cânion mais profundo do mundo – proporcionalmente à sua largura – não tem nada a ver com o modo como o olho encontra as impressionantes formações rochosas em forma de castelo ao seu redor ou com o hipnotizante rio Voidomatis no fundo.

Vikos gorge em números

Para quem gosta de números, esse raro milagre geológico tem 20 quilômetros de extensão, falésias que variam de 450m a 1.600m de profundidade e uma largura de 400m a poucos, na sua parte mais estreita. Do seu comprimento total, mais da metade fica dentro da zona do Parque Nacional Vikos-Aoos e é caracterizada por mudanças altitudinais abruptas. As encostas íngremes e precipícios rochosos que dominam as suas zonas média e alta são todos resultado da erosão do rio Voidomatis, que esculpe a rocha há milhões de anos.

Aoos River Photo Credit: Αλέξανδρος

Caminhada por Vikos gorge

Uma caminhada típica em Vikos começa na pitoresca vila de Monodendri, construída em pedra e, embora seja uma experiência gratificante, não é para todos. Uma equipe de trekking experiente faria uma boa caminhada de 5 horas para percorrer os 13 quilômetros através do desfiladeiro, de Monodendri às aldeias Mikro ou Megalo-Papigo; alguém com uma condição física média deve calcular entre 7 e 9 horas, para estar do lado seguro. A trilha é marcada, mas à medida que desce, de Monodendri ao leito do rio, algumas marcas podem estar em falta. Pode encontrar facilmente o caminho, especialmente nos meses de verão, quando a trilha é percorrida por muitos outros caminhantes, mas uma abordagem mais fácil – e que lhe permitirá ter mais tempo para se maravilhar- é contratar um guia. Não apenas economizaria tempo e esforço, mas também aprenderia sobre a história, a geologia, a diversidade botânica e o ecossistema do desfiladeiro. Afinal, se demorar 8 ou 9 horas, aposta a luz do dia e a sua resistência curtindo a trilha, em vez de vagar em círculos, tentando encontrar o caminho.

Beyond the Agia Paraskeyi monastery near Monodendri Photo Credit: Costas Tavernarakis

A primeira parte da trilha oferece vistas magníficas do desfiladeiro, embora se encontre seguindo por um caminho muito íngreme, através de vegetação densa. As vistas panorâmicas dos pontos de Beloi e Oxia são de tirar o fôlego. À medida que desce o desfiladeiro, as vistas dão lugar a um ecossistema extremamente puro e intocado, com mais de 1700 plantas, algumas delas impressionantemente raras.

Ervas de Vikos e os “Vikogiatroi”

Antigamente, os curandeiros de Vikos chamados “Vikogiatroi” (que significa “médicos de Viko”) eram famosos pelo seu conhecimento sobre essas plantas e ervas. Eles visitaram o desfiladeiro para colher ervas e depois viajaram pelas aldeias Zagoria, oferecendo as curas que eles fizeram. Mas os seus segredos de cura foram mantidos firmemente e passados ​​de pai para filho – de maneira semelhante a uma guilda – e, com o passar dos anos, a maioria foi perdida.

View of the towers of Astraka ridge Photo Credit: Costas Tavernarakis

Fauna de Vikos Gorge

Aves de rapina e animais selvagens vivem neste santuário, com javalis e até ursos pardos entre eles. Mas não precisa de se preocupar – bestas e pessoas conseguiram dar-se bem, sem incidentes relatados de ferimentos ou encontros perigosos.

Mais abaixo, no desfiladeiro, o rio domina o espaço e tudo o que precisa fazer é seguir a charmosa trilha ao lado da margem. As suas águas turquesas incrivelmente claras e cristalinas fluem o ano inteiro e um rápido mergulho em qualquer um dos pequenos lagos que formam é a cura perfeita para os pés doloridos. Algumas pessoas até nadam no rio, logo abaixo da vila de Papigo, perto do mosteiro, e antes de subir até ele, onde a caminhada geralmente termina; mas esteja preparado: estamos falando de água gelada, em torno de 9 graus Celsius!

Aoos River Photo Credit: Αλέξανδρος

O caminho para o coração de um caminhante é através do estômago

Por fim, não esqueça que a culinária local e o tsipouro (destilado de uvas) nas aldeias de Papigo são a melhor maneira de comemorar e se recompensar após a caminhada. Apenas providencie o seu transporte de volta para o seu alojamento, pois os serviços de transporte público na região variam de zero a esporádicos, na melhor das hipóteses. Se o negligenciou, os táxis locais – embora um pouco caros – são uma solução confiável no último momento.

Cover Photo Credit: Miltos Gikas